Blog

02/08/2019

5 dicas valiosas para comprar o segundo imóvel sem dores de cabeça

Para muitos, o sonho de morar em um imóvel próprio já se tornou realidade. Entretanto, mais do que um investimento para a vida, apartamentos são boas formas de ganhar dinheiro ou mesmo dar um upgrade na qualidade de vida. 

Se você está procurando uma dessas duas coisas mas ainda tem dúvidas de como dar o pontapé inicial, separamos cinco dicas valiosas que te ajudarão a comprar o segundo imóvel sem dores de cabeça. 

Afinal, não adianta querer investir em algo como outro apartamento, por exemplo, sem um bom planejamento, certo? Portanto, confira nossas sugestões e compre o segundo imóvel sem apertos.


Elabore um planejamento financeiro

Nenhuma meta é alcançada sem um bom planejamento. Afinal, sem passos a seguir, o que é um grande desejo dificilmente se tornará nada concreto. 

Por isso, comece planejando o quanto você pode desembolsar por mês para comprar o novo imóvel e, caso possua dinheiro investido em poupança ou outras aplicações, se é rentável usá-lo como entrada.


Mas como fazer isso? Acompanhe:

  1. Calcule o valor dos seus rendimentos e contabilize seus gastos mensais;
  2. Categorize suas despesas por ordem de importância e corte gastos supérfluos;
  3. A sobra do montante pode ser o valor do investimento na meta, a depender de outros objetivos;
  4. Não esqueça de pôr nesse cálculo uma margem para possíveis aumentos.


Estude o mercado imobiliário

Não adianta fazer um investimento, seja ele qual for, sem entender onde você está embarcando. Portanto, buscar informações sobre a rentabilidade e os benefícios de cada tipo de investimento é fundamental. 

No caso do segundo imóvel, você pode optar por duas opções: pronto ou na planta. Ambos possuem vantagens e benefícios distintos, assim como seus preços. Cabe a você decidir qual deles se encaixa em suas necessidades.


Avalie as oportunidades de investimento disponíveis

Após entender como o mercado funciona, você deve partir para a ação. A busca por opções de imóveis devem começar por bons bairros, tanto com potencial turístico quanto de mobilidade.

 Afinal, seja para morar ou alugar, a localização é um dos principais atrativos de qualquer apartamento. 


Verifique se há possibilidade de fazer um financiamento

Logo após analisar os investimentos em vista, veja se as condições de pagamento condizem com o planejamento que você fez. 

Caso seja possível, converse com o corretor responsável pela venda e tire todas as dúvidas possíveis para chegar à conclusão que se espera: investir ou não. 

Há casos em que o financiamento é a melhor opção, mas se o investimento em questão se tratar de um segundo imóvel, saiba que há restrições e, além disso,  alternativas para quem não pode optar pelo financiamento. Confira aqui quais são elas.


Invista com uma boa entrada ou pague à vista

Por fim, para evitar que haja aumento no valor dos juros do financiamento, guarde o maior valor possível para dar entrada em seu segundo imóvel. Isso porque, quanto maior o valor do chamado “sinal”, menos juros você pagará nas parcelas. 

Além disso, se puder escolher essa opção, pague tudo de uma vez. Além de não precisar pagar parcelas, o retorno sobre o investimento será tudo aquilo que o imóvel render, seja com a venda do antigo ou o aluguel do novo. 

Viu que comprar um segundo imóvel pode ser mais fácil do que você imaginou? Agora que você já conferiu nossas dicas, que tal conhecer o Good Life Residence, ideal tanto para quem quer morar quanto investir? 

Clique aqui e confira tudo que o empreendimento oferece!


Busca no Blog

CONFIRA NOSSOS EMPREENDIMENTOS

Empreendimentos